15 dezembro, 2011

Além do panetone...

Tradição do norte da Itália, o panetone toma conta do Natal brasileiro desde os anos 60. É quase nacional. Mas sua origem está ligada aos pães enrique­cidos consumidos na Europa durante o inverno desde a Idade Média. Em tempos de valorização da diversidade cul­tural, vale experimentar também alguns doces relacionados à tradição natalina de outros lugares do mundo e às festas das comunidades de imigrantes no Brasil.


Stollen

Pão de massa leve recheado de frutas cristalizadas e nozes. 
Sua forma representa o Menino Jesus embrulhado em cueiros. É comum no sul do Brasil. Teria sido criado em Dresden, no século XVI.


Gingerbread Man
O cookie de gengibre com forma humana vai à mesa ou enfeita a árvore. Costuma ser feito com a ajuda das crianças dias antes da festa. À noite, em frente à lareira, os adultos repetem sua história.
Segundo a lenda, um casal que não podia ter filhos fez um menino de massa. O boneco ganhou vida e saiu andando pela fazenda. Todos os animais queriam comê-lo. Ele correu e fugiu até que a raposa o pegou.


Bûche de Noël
No período de Natal, as pâtisseries francesas exibem diferentes versões do doce que imita um pedaço de lenha. O mais tradicional parece um rocambole de pão-de-ló com recheio de chocolate e cobertura de suspiros. A decoração costuma ter motivos invernais, como pinheiros e neve.



Rabanada
Feita de pão amanhecido frito, a sobremesa passou a frequentar a mesa de Natal dos brasileiros bem antes do panetone.


Então, este ano, faça o seu natal diferente.
Boas Festas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...