25 julho, 2013

Noticias antigas, mas interessantes - Joan Rivers chama Adele de gorda e se recusa a pedir desculpas


Participando do programa "Late Show", Joan Rivers teve uma conversa bem-humorada com David Letterman. Famosa por suas críticas aos looks escolhidos pelas famosas, ela comanda "Fashion Police", do canal pago E! Entertainment, e acabou errando a mão em uma piada com Adele. Durante o bate-papo, a apresentadora afirmou que o hit "Rolling In the Deep" deveria se chamar "Rolando em frango frito".

Vaiada pela plateia, Joan não tentou se redimir e, em entrevista ao jornal "The Huffington Post", contou que a cantora teria exigido uma retratação pelo comentário de mau gosto. Se recusando a pedir desculpas, deu uma justificativa para a gafe. "Ela é uma mulher gordinha que é muito, muito rica. Ela deveria se acalmar ou perder peso", disparou, zombando também sobre o suposto pedido da britânica. "Posso escrever um cartaz na bunda dela dizendo: `Você não é gorda`. E ainda sobra espaço para outros cartazes."

Inconformada com a repercussão negativa de suas declarações, Rivers foi ainda mais longe, reafirmando o que pensa sobre o corpo da vencedora do Oscar de Melhor Canção. "Adele é linda e bem-sucedida, ela tem o que, uns US$ 100 milhões? Vamos encarar a realidade: ela é gorda", finalizou, sem medo das consequências.

Fonte: pop.com

23 julho, 2013

Noticias antigas, mas interessantes - Escultura em chocolate

O estilista Karl Lagerfeld, da Chanel, desenhou um quarto de hotel para o Magnum Chocolate Hotel Suite, feito inteiramente em chocolate, para comemorar o lançamento dos sorvetes Magnum Equador e Gana – feitos com grãos de cacau selecionado e provenientes de fazendas da Rainforest Alliance Certified, no Equador e Gana.

Usando mais de 10 toneladas de chocolate, Karl fez uma escultura do modelo francês, e seu queridinho, Baptise Giabiconi, sobre a cama.





21 julho, 2013

Citações polêmicas do estilista da Chanel são imortalizadas em livro

Famoso por seus comentários maldosos sobre Adele, Pippa Middleton, além das alfinetadas nos gregos e russos, o kaiser da moda e diretor criativo da Chanel Karl Lagerfeld tem pérolas inesquecíveis, que se tornaram um ótimo material para um livro.

O Mundo Segundo Karl”, previsto para ter o lançamento oficial em setembro, foi uma ideia de Patrick Mauries, Jean-Christophe Napias e Sandrine Gulbenkian da editora Thames & Hudson, contando ainda com 50 ilustrações do artista Charles Ameline.

Segundo o The Telegraph, o livro já teria recebido o selo de aprovação do Sr. Lagerfeld, que não esteve envolvido na sua produção. Confira algumas das frases infames e divertidas de Karl Lagerfeld que poderão estar no livro:


  • "Calças de moletom são um sinal de derrota. Quando você perde o controle de sua vida, compra algumas calças de moletom";
  • "O que eu fiz, Coco Chanel nunca teria feito. Ela teria odiado isso";
  • "Lembro-me de uma estilista, que disse que as mulheres inteligentes não usavam seus vestidos. Obviamente, ela foi à falência";
  • "Eu sou uma espécie de ninfomaníaca da moda que nunca chega a um orgasmo";
  • “O debate sobre o uso de pele de animal na moda é criancice”;
  • “O corpo tem que estar impecável. Se não estiver, compre tamanhos menores e coma menos”;
  • “Eu não gosto do rosto de Pippa Middleton. Ela deveria apenas mostrar as suas costas”;
  • A primeira sobre a cantora Adele: “Adele é um pouco gorda, mas ela tem um rosto bonito e uma voz divina”;
  • E a segunda: "Eu nunca disse que a Adele era gorda, disse que era meio rechonchuda. Uma pessoa assim não é gorda. Mas ela perdeu oito quilos depois e por isso acho que a mensagem não foi ruim".
Fonte: todaela

Noticias antigas, mas interessantes - Raquel Sherazade causou polêmica na TV ao falar sobre o carnaval

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Raquel Sherazade, começou a carreira trabalhando na TV Cabo Branco, afiliada da Rede Globo no Estado. Já em 2003, tornou-se apresentadora do Tambaú Notícias, telejornal da TV Tambaú, afiliada do SBT.

Em 2011, após este vídeo criticando o carnaval, foi convidada por Silvio Santos a ir para a matriz do SBT, em São Paulo e desde então divide a bancada do SBT Brasil, com Joseval Peixoto, de segunda a sexta-feira.

Super-Homem e Batman terão filme juntos


De acordo com informações do site "Hollywood Reporter", a Warner anunciou neste sábado (20) longa que vai unir, na tela, o Super-Homem e o Batman. 

A produção deve chegar aos cinemas em 2015 e terá Henry Cavill, de "O Homem de Aço", novamente no papel de Clark Kent. Zack Snyder assinará a produção. 

Ainda não se sabe quem será o ator a assumir o papel de Batman, já que Christian Bale disse, em entrevistas, que "Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge" era seu último filme no papel do homem morcego. 

Amy Adams e Laurence Fishburne, que estão no elenco do novo filme sobre o Super-Homem, também estarão na produção, de acordo com o "Hollywood Reporter". 

Fonte: ultimosegundo

Novo filme do Superman faz US$ 125 milhões e se torna maior estreia de junho da história



O novo filme do Superman, "Homem de Aço", foi lançado há pouco tempo e está quebrando recorde atrás de recorde nas bilheterias norte-americanas.

O longa agora se tornou a maior estreia da história do cinema no mês de junho, com uma arrecadação impressionante de US$ 125,1 milhões (R$ 268 milhões), dos quais US$ 113,1 milhões são do final de semana de estreia e US$ 12 milhões são de pré-estreia.

O recorde anterior era de US$ 110,3 milhões (R$ 236,4 milhões) e pertencia ao filme de animação "Toy Story 3", da Disney/Pixar, lançado em 2010.

Entre os filmes de 2013, "Homem de Aço" só não superou outro filme de herói, o concorrente "Homem de Ferro 3", que fez US$ 174,1 milhões (R$ 373,2 milhões) no seu primeiro final de semana.




A nova aventura do Superman estreou em 4.207 salas nos Estados Unidos, com versões em Imax e 3D. De acordo com dados da revista "Entertainment Weekly", 56% dos espectadores que foram aos cinemas ver o filme eram homens --uma divisão de gênero mais equilibrada que a da estreia de "Homem de Ferro", que tinha 61% do público composto por homens.

"Homem de Aço" também superou de longe a estreia de seu antecessor, "Superman - O Retorno", que tinha obtido US$ 52,5 milhões na estreia em 2006.

O filme gerou um retorno de apenas US$ 200 milhões nos Estados Unidos, mas seu orçamento havia sido de US$ 270 milhões.

As projeções do mercado indicam que, em apenas uma semana, "Homem de Aço" terá faturado mais em bilheterias nos EUA do que "Superman - O Retorno" durante todo o tempo que o último ficou em cartaz.

Já nos cinemas.

Fonte: Folha

Henry Cavill

Henry William Dalgliesh Cavill nasceu em Jersey, e foi educado na Escola Preparatória St. Michael, na ilha, antes de frequentar a Stowe School, um internato, onde ele atuou em vários jogos.

Cavill fez uma audição para o papel principal para o novo filme de Batman Begins, mas perdeu para Christian Bale. 

Em 2005, ele tornou-se um jovem concorrente para o papel de James Bond. Os produtores e o director tiveram de escolher entre Cavill, Daniel Craig e Sam Worthington. 
Aparentemente, o diretor favoreceu Henry Cavill com uma versão mais nova de James Bond. No entanto, os produtores acreditavam que Cavill era muito jovem para o papel, que depois passou para Daniel Craig. 
Ele também fez uma audição para o papel de Superman para o novo filme de Superman Returns. 
Devido ao fato de não ter sido aprovado para estes papéis, na edição de Dezembro de 2005 do Empire Magazine, ele foi apelidado de "… o homem mais desafortunado em Hollywood".

Cavill participou na série televisa da Showtime, The Tudors, interpretando o papel de Charles Brandon, Duque de Suffolk, cunhado de Henrique VIII de Inglaterra e inimigo da Rainha Ana Bolena. Ele também fez uma pequena participação na fantasia cinematográfica Stardust (2007). Em 2007, ele foi destaque na Vanity Fair Hollywood Next-Gen.

No início de 2008, Cavill assinou com a "Dunhill", para fazer publicidade ao perfume London.

Foi escolhido para ser o novo Superman, no reinício do personagem nos cinemas pelas mãos de Zack Snyder. E será o superman de mais baixa estatura em filmes do mesmo, pois Christopher Reeve tinha 1,93m de altura, Brandon Routh tem 1,91m de estatura, e enfim Henry Cavill tem 1,85m, 8cm a menos que Reeve.








Filme sobre Steve Jobs estréia no dia 16 de agosto


O filme, que retrata os 30 anos mais importantes da vida de Steve Jobs, tem data de estreia – 16 de agosto.

Ashton Kutcher dá vida a Steve Jobs, num filme que retrata a vida de um jovem rebelde e inteligente a caminho do sucesso, que queria (e conseguiu) revolucionar o mundo da tecnologia.

O trailer do filme Jobs resume, para já, o essencial em dois minutos, retratando as dificuldades que Steve Jobs encontrou no percurso de construção da empresa.

O elenco é composto por Josh Gad, que interpreta o papel de Steve Wozniak, o co-fundador da Apple; Ahna O’Reilly, é Chris-Ann Brennan, a  namorada; Lukas Haas, trabalhador da Apple; Dermot Mulroney, como Mike Markkula, antigo CEO da Apple e Matthew Modine, no papel de John Sculley, antigo CEO da Apple.

Confira abaixo:



Fonte: engenhariae

19 julho, 2013

Aviso: golpe usa nome do TRE


O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco alerta a população dos municípios onde está havendo recadastramento biométrico quanto a ligações telefônicas de origem duvidosa, que estão sendo realizadas em nome da Justiça Eleitoral, na tentativa de agendar atendimento em domicílio. 

Para tanto, estão sendo solicitadas informações de natureza pessoal como endereço. 

Atenção ! Trata-se de fraude. 

O TRE não faz atendimento em domicílio e o agendamento do atendimento biométrico só é possível via internet, no site do TRE-PE (www.tre-pe.jus.br), menu Atendimento ao Eleitor, opção Recadastramento biométrico.

A Justiça Eleitoral também não envia e-mails a eleitores, nem autoriza nenhuma outra instituição ou parceiro a fazê-lo em seu nome. 

Caso você receba mensagem de e-mail solicitando atualização de dados cadastrais para a Justiça Eleitoral, apague-a sem fazer qualquer download.

Veja também: O Recadastramento Eleitoral Biométrico Não Tem Base Legal!
                            Recadastramento eleitoral biométrico é obrigatório?

O Recadastramento Eleitoral Biométrico Não Tem Base Legal!

Movimento de Obediência Civil pelo respeito ao Artigo 5º, Alínea X, da Constituição Federal

por prof. Pedro A D Rezende, Adv. Maria Aparecida Cortiz, Jor. Osvaldo Maneschy e Eng. Amílcar Brunazo Filho

A entidade que administra as eleições no Brasil (TSE), sob o falso argumento de que vai acabar com a possibilidade de um eleitor votar no lugar de outro, decidiu que todos os 150 milhões de eleitores brasileiros deverão se cadastrar biometricamente.

É por isto que estão enchendo os meios de comunicação, convocando todos a comparecer aos postos montados por todo o país, para deixar lá não só as impressões digitais dos dez dedos das mãos, como também uma foto digital do rosto, em alta resolução.

11 julho, 2013

Bebê leva 90 tesouradas da mãe porque mordeu seu seio enquanto mamava



Uma história de violência de uma mãe contra o próprio filho chocou e comoveu a China na última semana. O bebê, de apenas oito meses de idade, sobreviveu após ter recebido 90 tesouradas, a maior parte delas no rosto, por ter mordido o seio da mãe enquanto mamava.



O crime aconteceu em Zuzhou, na Província de Jiangsu. Xiao Bao mora com a mãe e dois tios, que trabalham coletando lixo para reciclagem. Foi um dos tios quem descobriu o bebê ferido, deitado em uma poça de sangue, no quintal de casa, e o levou ao hospital. As informações são do tabloide britânico Daily Mail.

A mãe confessou que atacou Xiao porque ele a mordeu durante a amamentação. O bebê precisou receber cem pontos depois do incidente e ainda está se recuperando no hospital.

Vizinhos pediram que o governo tirasse o menino da família, mas o pedido foi negado, porque, aparentemente, a mãe não sofre de doenças mentais e o bebê está protegido pela presença dos tios. Na imagem, o tio que resgatou a criança.


Fonte: R7

08 julho, 2013

Anatel investigará se teles brasileiras violaram sigilo a mando dos EUA

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) abrirá nesta segunda-feira, 8, procedimento administrativo para investigar se as empresas de telecomunicações sediadas no Brasil violaram sigilo de dados e comunicações. 

O presidente do órgão regulador, João Rezende, afirmou que esse sigilo é assegurado na Constituição. "Vamos levantar dados e informações para verificar se em algum momento houve esse tipo de cooperação", referindo-se a denúncias de que telefonemas e transmissões de dados de empresas e pessoas brasileiras teriam sido alvo de espionagem por parte do governo norte-americano. 

Reportagem publicada na edição deste domingo pelo jornal O Globo afirma que Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA, na sigla em inglês), monitorou, na última década, milhões de telefonemas e correspondência eletrônicas de pessoas residentes ou em trânsito no Brasil. A informação foi revelada pelo ex-analista da NSA Edward Snowden . De acordo com o texto, o País aparece em destaque nos mapas da NSA como prioridade no tráfego de telefonia e dados, ao lado da China, Rússia, Irã e Paquistão. 

Rezende afirmou também que a Anatel vai verificar se houve monitoramento de informações via satélite. A investigação não tem prazo para ser concluída. Segundo ele, se for comprovado que as empresas violaram dados, pode haver punições nas esferas cível, administrativa e criminal. De acordo com o presidente da agência, as investigações serão realizadas em cooperação com a Polícia Federal e, ao final da apuração, o processo será enviado ao Ministério Público Federal.
Fonte: ultimosegundo

EUA rejeitam responder publicamente a Brasil sobre espionagem

"No domingo, chanceler pediu esclarecimentos sobre suposta  interceptação de milhões de dados de brasileiros"
O governo dos EUA disse no domingo que não vai responder publicamente aos questionamentos feitos pelo Brasil sobre espionagens realizadas no país. Questionado pela BBC Brasil sobre a reação brasileira , o Departamento de Estado americano disse por e-mail que "o governo dos EUA vai responder apropriadamente a nossos parceiros no Brasil pelas vias diplomáticas e de inteligência. Não vamos comentar publicamente ou especificar supostas atividades de inteligência. Como política, já deixamos claros que os EUA obtêm inteligência estrangeira do tipo coletado por todas as nações."


Segundo denúncia feita no sábado em reportagem do jornal O Globo, com base em documentos coletados por Edward Snowden , o Brasil teve milhões de telefonemas e mensagens espionados na última década.

No mesmo dia, o Itamaraty pediu "esclarecimentos" ao governo americano e ao embaixador americano no Brasil, Thomas Shannon, quanto à denúncia de que pessoas e empresas no Brasil teriam sido alvo de espionagem por parte da Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês).

"O governo brasileiro recebeu com grave preocupação a notícia de que as comunicações eletrônicas e telefônicas de cidadãos brasileiros estariam sendo objeto de espionagem por órgãos de inteligência norte-americanos", afirmou o Itamaraty, em comunicado.

Segundo a nota, o governo brasileiro "promoverá no âmbito da União Internacional de Telecomunicações (UIT) o aperfeiçoamento de regras multilaterais sobre segurança das telecomunicações e lançará, na ONU, iniciativas para proibir abusos e impedir a invasão da privacidade dos usuários das redes virtuais de comunicação (...) que protejam os direitos dos cidadãos e preserve a soberania de todos os países".

Incômodo diplomático

As denúncias devem causar incômodo nas relações bilaterais, poucos meses antes de uma visita de Estado que a presidente Dilma Rousseff fará ao presidente americano, Barack Obama, em Washington, em outubro.

Dilma já criticara com veemência o incidente diplomático envolvendo o presidente boliviano, Evo Morales, na Europa. Na semana passada, Evo teve espaço aéreo recusado em países europeus , por conta de suspeitas de que seu avião presidencial estaria abrigando Snowden. A presidente brasileira disse que o "constrangimento" causado a Evo afeta toda a América Latina.

Snowden, que fugiu dos EUA após denunciar ao jornal britânico The Guardian uma grande rede de espionagem promovida pela NSA, passou por Hong Kong e foi visto pela última vez na área de trânsito do aeroporto de Moscou . Seu passaporte foi revogado, e ele fez pedidos de asilo a diversos países ( Brasil incluído ). Três ofereceram abrigo a ele: Bolívia, Venezuela e Nicarágua . 

Fonte: ultimosegundo

O funkeiro MC Daleste, de 20 anos, morre em Campinas


O funkeiro Daniel Pellegrine, de 20 anos, morreu após ser atingido por um disparo no abdômen quando começava um show no CDHU do bairro San Martin, em Campinas, na noite de sábado (5). A Polícia Militar informou que o cantor foi levado para o Hospital Municipal de Paulínia, mas não resistiu aos ferimentos e morreu durante a madrugada. Logo após o ocorrido, um fã publicou um vídeo na internet, que mostram o momento em que MC Daleste é atingido por um tiro.




Ao menos dois disparos foram dados em direção ao cantor, que se apresentava em uma quermesse no CDHU da Vila San Martin. MC Daleste foi atingido no abdomên quando inciava o show. A festa era gratuita e segundo os moradores, ao menos três mil pessoas acompanhavam a apresentação. O show do funkeiro foi anunciado como atração surpresa durante a semana. As marcas de bala atravessaram o palco.

Daleste era ligado ao estilo conhecido como funk ostentação ou funk paulista, que mistura a batida do funk carioca com letras sobre bens materiais. Em vez de ousadias sexuais, os temas são artigos de preços altos: carros, motos, óculos, roupas e bebidas. 

O funkeiro será enterrado na manhã desta segunda-feira (8), às 9h, no Cemitério da Vila Formosa em São Paulo. 

Veja as imagens do tiro feitas de outro ângulo

 

Na manhã de domingo (7), investigadores da Divisão de Homicídios da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) estiveram no local para ouvir testemunhas que estavam no show. O número de disparos não foi informado pela polícia. 

Nas redes sociais, músicos lamentaram a morte e pedem o ato 'funk acordou'.

Fonte: Globo.com

O Caso Roswell é lembrado com doodle do Google


O doodle do Google relembra nesta segunda os 66 anos do Caso Roswell ou Incidente em Roswell (em inglês:The Roswell UFO Incident). 
O incidente ocorreu em 1947 na localidade de Roswell em 1947 (Novo México, EUA), quando um OVNI teria caído e a Força Aérea dos EUA teria se apossado dos destroços da nave.


O doodle animado mostra o disco voador caindo na Terra. A partir daí, como num jogo, o internauta tem que recolher e  juntar alguns objetos para novamente formar o disco voador.

Veja abaixo o vídeo de como completar o doodle do Google.

O Caso Roswell
No dia 8 de julho de 1947, em Roswell (Novo México, Estados Unidos), o jornal Roswell Daily Record publicou em primeira página a notícia de que o 509º Grupo de Bombardeiros da então Força Aérea do Exército dos EUA havia tomado posse dos destroços de um disco voador. 
Autoridades militares divulgaram um comunicado à imprensa, que começava assim: "Os muitos rumores sobre um disco voador se tornaram verdadeiros ontem, quando o oficial de inteligência do 509º Grupo de Bombardeios da Força Aérea americana, com base aérea em Roswell, se apoderou de um disco".

Porém, apenas 24 horas depois, os militares mudaram sua história e declararam que o objeto que eles pensaram ser um disco voador era, na verdade, um balão meteorológico que havia caído em um rancho próximo do local. 


Os destroços da nave teriam sido encontrados por um fazendeiro local. A princípio, o fazendeiro não deu importância e só os recolheu dois dias depois. Porém, o caso repercutiu na imprensa. O assunto tomou grande repercussão após o piloto Kenneth Arnold fazer declarações dizendo que havia visto OVNIs sobrevoando a cidade.

Com a repercussão, o fazendeiro resolveu ir à polícia informar que em sua propriedade havia destroços que poderiam ser da nave espacial. O xerife local entrou em contato com as Forças Armadas, que foram à fazenda verificar a informação. As Forças Armadas então recolheram os destroços e levaram para sua base. Dias depois, o Exército fez um comunicado informando que se tratava apenas de um balão meteorológico.

Os mitos de Roswell
Baseando-se em relatos de diversas testemunhas descobertas a partir do Caso Roswell, pesquisadores publicaram os primeiros livros defendendo a tese de que os destroços de 1947 eram de uma nave alienígena. São exemplos The Roswell Incident (1980), de Charles Berlitz e William Moore; UFO crash at Roswell (1991) e The truth about the UFO crash at Roswell (1994), de Kevin Randle e Donald Schmitt e Crash at Corona, de Don Berliner e Stanton Terry Friedman (1997).

Ainda que divergissem alguns detalhes, as teorias apresentadas nesses livros seguiam a mesma lógica básica. Os destroços encontrados em Roswell seriam de uma nave alienígena que, por algum motivo desconhecido, teria se acidentado. Ao identificarem os destroços, os militares americanos teriam iniciado uma campanha de desinformação para acobertar a verdadeira origem do material, apresentando a versão oficial de que seriam restos de um balão meteorológico. O material teria sido na verdade encaminhado para análise em instalações secretas de pesquisa e escondido do público.

Os documentos oficiais
Em 1994, Steven Schifft, congressista do Novo México, pediu à GAO (General Accounting Office – Escritório Geral de Auditoria) que buscasse a documentação referente ao Caso Roswell. Quando a USAF recebeu a petição da GAO, publicou dois relatórios conclusivos sobre o caso: o primeiro, de 25 páginas, intitulado O relatório Roswell: a verdade diante da ficção no deserto do Novo México, foi publicado ainda em 1994 e se concentra na origem dos destroços encontrados. Já o segundo, publicado três anos depois e denominado O incidente de Roswell: caso encerrado, aborda os relatos de corpos de alienígenas. No primeiro relatório a USAF afirmava que os restos encontrados eram de balões do Projeto Mogul, altamente secreto, projetado para detectar possíveis testes nucleares soviéticos (o primeiro teste nuclear soviético só aconteceria em 1949). Para isso, detectores acústicos de baixa frequência eram colocados em balões lançados a altas altitudes. Outros pesquisadores também chegaram, de forma independente, à relação entre Roswell e o Projeto Mogul: Robert Todd e Karl Pflock, autores de Roswell: Inconvenient Facts and the Will to Believe.

Os pesquisadores do Projeto Mogul ainda vivos por ocasião da investigação foram entrevistados. O equipamento utilizado para pesquisas era carregado por uma série de balões (inicialmente de neopreno e mais tarde de polietileno) conectados entre si. Pendurado à série de balões ia um alvo de radar - uma estrutura multifacetada de compensado recoberto com papel-alumínio - utilizada para rastrear os balões após o lançamento.


A partir dos registros ainda disponíveis sobre o projeto, concluiu-se que os destroços encontrados em Roswell seriam provavelmente do quarto voo, ocorrido em 4 de junho de 1947. Este voo consistia em cerca de vinte e um balões meteorológicos de neoprene ligados entre si, um microfone sonda, explosivos para regular a altitude do aparelho, interruptores de pressão, baterias, anéis de lançamento e de alumínio, três pára-quedas de pergaminho reforçado de cor vermelha ou laranja e três alvos refletores de radar de um modelo não normalmente usado no continente dos Estados Unidos.

Já no relatório de 1997, a Força Aérea dos Estados Unidos afirmou que os estranhos corpos descritos por algumas das testemunhas eram na verdade bonecos de teste do Projeto High Dive. Concluiu-se que: diversas atividades da Força Aérea ocorridas ao longo de vários anos foram misturadas pelas testemunhas, que as lembraram erroneamente como tendo ocorrido em julho de 1947; os supostos corpos de alienígenas observados no Novo México se tratavam na verdade de bonecos de testes carregados por balões de alta altitude; as atividades militares suspeitas observadas na área eram as operações de lançamento e recuperação dos balões e dos bonecos de testes.


Em 2012, no aniversário de 65 anos do óvni, o caso do Novo México voltou aos jornais. Chase Brandon, que serviu à CIA (Agência Central de Inteligência dos Estados Unidos) por mais de duas décadas, revelou a existência um arquivo oculto da CIA sobre o objeto voador não identificado (óvni) supostamente encontrado na cidade americana. "É, realmente aconteceu", afirma o funcionário. As informações são do site do jornal britânico Daily Mail.

O agente disse que a informação está escondida em um cofre dentro do quartel-general da agência na cidade de Langley. "Foi em uma área restrita. Havia uma caixa que chamou minha atenção. Estava escrito sobre ela 'Roswell'. Eu remexi dentro dela, coloquei a caixa na prateleira e disse: 'meu Deus, realmente aconteceu'", conta o agente. "Não era um balão meteorológico - como foi afirmado na época - era uma nave de outro planeta", afirma.



Relatos oficiais
Documentos divulgados anteriormente parecem confirmar a história de Brandon - ou pelo menos a ideia de que autoridades americanas estariam encobrindo o envolvimento com alienígenas. Um memorando que parece provar isso foi publicado pelo FBI. O departamento tem disponibilizado milhares de arquivos em um site chamado The Vault (O Cofre, em tradução livre).

Entre eles, está o memorando escrito por Guy Hottel, agente especial encarregado do escritório de Washington em 1950. No documento, cujo assunto é "Discos Voadores", Hottel revela que um investigador da Força Aérea declarou que "três chamados 'discos voadores' haviam sido recuperados no Novo México". O investigador teria dado a informação a um agente especial. O FBI censurou a identidade do agente e do investigador.


"Eles foram descritos como sendo de forma circular, com aproximadamente 50m de diâmetro", afirma Hottel. "Cada um teria sido ocupado por três corpos humanos, mas de pouco mais de um metro", acrescentou. Segundo o relato, os corpos estariam vestidos com panos metálicos e cada um foi enfaixado de um modo semelhante ao utilizado nas roupas usadas por pilotos de teste de velocidade.






Fonte: terra.com


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...